FIS 2016

Em 2016, não contando, apenas, com criações das duas associações, o certame será também composto por outros artistas e outros projectos, nacionais e internacionais, almejando tornar-se estação de paragem obrigatória no mapa dos festivais de artes performativas do país.

“Adalberto Silva Silva” por Ivo Alexandre

“Erm” por Teresa Santos

“Txoria” por Mikel Ayala + “Jakob” por Jonathan Frau

“História da Dança e Psicologia dos Intérpretes e Criadores em 5 minutos” por Andrea Gabilondo

“Nymio, teatro…digital” por José Antonio Puchades

“Scream” por Rui Paixão

http://fis.pt/wp-content/themes/salient/css/fonts/svg/basic_spread_text_bookmark.svg

VER LIVRO DE SALA DA EDIÇÃO DE 2016