FIS 2021

Para ti, a 6ª edição do FIS (a 7ª edição no pensamento).

Após um ano de interregno, em parte devido à situação pandémica, o FIS – Festival Internacional de Solos, apadrinhado pelo Cine-Teatro Garrett, acontece ao abrigo do Programa Garantir Cultura.

Ao longo das várias edições, a construção de um festival capaz de proporcionar condições óptimas a artistas e público tem sido um dos principais focos de resistência a par de uma programação necessária e diversa, uma constante abertura a novas parcerias e formatos e uma vontade de promover o cruzamento interdisciplinar de públicos.

O FIS caracteriza-se pelo contacto próximo e humano entre um sistema vivo que se encontra para levantar ideias e questões, provocar, aflorar sentidos e tocar partes que, por vezes, se encontram adormecidas. Esta experiência íntima e directa é facilitada pelo formato solo e pela natureza dos diferentes espaços com plateias reduzidas, onde cada detalhe pode ser vivido e apreciado ao pormenor. A fruição estética e artística como um caminho possível para uma sociedade empática.

De volta com mais propostas e em novos lugares, como o mítico Diana Bar, o FIS continua o processo de consolidação dos seus alicerces na cidade. Este ano, num ano em que a cultura enfrenta ainda sérias dificuldades e se intensifica a urgência de incentivar e apoiar a criação local, é assumida a responsabilidade de gerar oportunidades onde poucas vezes há. É ainda apresentada como possibilidade, de forma inédita, a ideia de subversão de solo: ao teatro, ao circo, à dança e à música, junta-se um projecto audiovisual multidisciplinar para visitar ao longo dos três dias.

A tua presença é fundamental, porque só contigo cada capítulo ganha sentido. E assim, em conjunto, reforçamos o tecido cultural da cidade.

Teresa Santos
Programadora do FIS

“ZÉNITE: Quadros de um Grande Jogo Poético” — Filipe Baptista

“Neste Momento” — Alexandre Sá

“SCHULD” — Sara Garcia

“Rizoma” — Rita Carmo Martins

Calcutá

“HOLY” — Emil Dahl

“Vida e Obra de Um Homem Mais ou Menos Apresentável” — Daniel Silva

“PEIX” — Hotel iocandi

“Ephemeral traces” — Jordina Millà

João Pais Filipe

“Monólogo de uma mulher chamada Maria com a sua patroa” — Sara Barros Leitão / Cassandra

https://fis.pt/wp-content/themes/salient/css/fonts/svg/basic_spread_text_bookmark.svg

VER LIVRO DE SALA DA EDIÇÃO DE 2017

Direcção Artística
Nuno Leites

Programação
Dídac Gilabert
Inês Simões Pereira
Nuno Leites
Pedro Galiza
Teresa Santos

Direcção de Produção
Inês Simões Pereira

Direcção Técnica
Pedro Morim

Direcção de Comunicação
Adriana Leites

Assessoria de Imprensa
Filipa Guimarães

Design Gráfico
Margarida Olo

Parceiros Institucionais
República Portuguesa / Ministério da Cultura
Câmara Municipal da Póvoa de Varzim / Cine-Teatro Garrett

Parceiro na Impressão de Pequenos Formatos
Norprint

Parceiro na Impressão de Grandes Formatos
Tommasino

Parceiro de Alojamento
Hotel Avenida

O FIS – Festival Internacional de Solos agradece ainda a colaboração fundamental de todos os voluntários e profissionais aqui não identificados.

PARCEIROS INSTITUCIONAIS

APOIOS E PARCEIROS