O CISNE

por Tiago Regueiras

ESTREIA ABSOLUTA

20 NOV 2015 • 21h00

Cine-Teatro Garrett • Sala Principal
Teatro • ≈ 40 min • M/12 • 5€
Espectáculo em Português

Sinopse

“Sessenta e oito anos e doente.” Síntese biográfica de um actor derrotado e cansado que, ao fim de mais de quatro décadas de palco, cenas, desencontros e desilusões, olha para trás e não consegue ver nada além de uma vida desbaratada ao serviço do ócio de estranhos. A aguda consciência da grandeza do teatro, da sua força, vigor, indispensabilidade e glória, contrapõe-se, neste espectáculo, à desiludida aceitação dos imensos sacrifícios a que se vêem obrigados muitos dos seus mais fervorosos praticantes, sonhadores destemidos que, em paga da sua militância, são recompensados com o esquecimento. Partindo de uma das mais emblemáticas peças em um acto de Anton Tchekhov, “O Canto do Cisne”, viajamos no lirismo embriagado e delirante de um comediante velho, gasto, amargurado e solitário, um homem cuja imaginação doente o faz reviver a grandiosa carreira que não teve. Entre companheiros invisíveis, citações avulsas, memórias distorcidas e impulsos inconcretizáveis, um homem só, num teatro às escuras, de garrafa na mão, desata-se em palavras para adiar, um pouco mais, o inevitável descer do pano.

Ficha Técnica e Artística

A partir de “O Canto do Cisne”, “Ivanov” e “As Três Irmãs” de Anton Tchekhov e “Hamlet” de William Shakespeare
Ideia Original, Tradução (a partir da versão inglesa de Marian Fell), Adaptação e Encenação Pedro Galiza
Interpretação Tiago Regueiras
Espaço Cénico, Design de Luz e Figurinos Pedro Morim
Caracterização Crestina Martins
Design Gráfico Adriana Leites
Motion Design e Fotografia Nuno Leites
Produção Marácula – Associação Cultural
© Foto Nuno Leites

Biografia

Tiago Regueiras nasceu em 1988 em Vila Nova de Famalicão. É formado em Teatro-Interpretação pela ESMAE/IPP. Em 2009, co-funda a companhia Teatro Bandido. Em 2010, estagia na companhia espanhola TAPTC? Teatro, em Mérida. Trabalhou com a companhia TEatro Ensaio, Pedro Estorninho, António Durães, Juan Carlos Tirado Carroza, Raquel Bazo, entre outros. Co-fundou a Marácula em 2013, onde trabalha, actualmente, como actor. Em 2015, participou como actor no FIS – Festival Internacional de Solos. É também locutor da VOZ ON Locuções e Produções Lda., desde 2011, e encenador e director de actores no Baú dos Segredos, da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, desde 2010.