Festival Internacional de Solos

Ontem está a chegar

Cine-Teatro Garrett, Sala de Ensaios

Sinopse

Uma mulher está no chão, imóvel. Uma mão explora esse corpo muito delicadamente até perceber que ele não reage. Pânico. Tentativas de reanimação. A mão esforça-se para levantar o corpo e colocá-lo em pé.
Finalmente ela abriu os olhos: Atónita.

No começo, ela vive num vazio apocalíptico. Mas pouco a pouco ela criará um mundo onde acredita em si mesma e nos fará crer que não está sozinha.
Afundada na solidão, a sua vida espera uma coisa: o som do telefone.
Um sopro de memórias será apresentado, investindo todo o seu mundo…

Uma cadeira, uma mesa, um frigorífico. O espaço despojado é a imagem vívida do que é oferecido ao espectador. Esse carácter silencioso abre as portas de sua intimidade com uma infinita ternura.
“Ontem está a chegar” é uma viagem à densidade do vazio para a intensidade da perda para o poder da imaginação.


Biografia

Após finalizar a formação profissional no Centro de Artes de Circo Le Lido em Toulouse, Gina Vila Bruch trabalha como bailarina em “Temoin Ordinares” de Rachid Ouramdane, como acrobata e improvisadora em “Déambuloscopie” da companhia de rua Pipototal, e como actriz e marionetista no espectáculo infantil “Shuut!” da Sarment. Actualmente, circula com “Brut” de Marta Torrents e com o seu solo de clown e teatro de gesto “Hier arrive bientôt”, e encontra-se em criação com a companhia Blicktheatre.

Ficha técnica e artística

Criação e interpretação Georgina Vila Bruch
Direcção Fabio Ezechiele Sforzini e Sofie Sforzini
Desenho de luz Elsa Jabrin

Duração ≈ 50 minutos ● M/6

+ Programação desta edição