SCREAM

por Rui Paixão

ESTREIA ABSOLUTA

20 NOV 2016 • 22h30

Cine-Teatro Garrett • Subpalco
Clown/Performance • ≈ 20 min • M/16 • 6,00 €

Sinopse

“Estamos perante uma alquimia mental que transforma um estado de espírito num gesto – o gesto seco, nu e linear que todos os nossos atos poderiam ter se visassem o absoluto.”
— Antonin Artaud

Scream é uma performance de novo clown inspirada na obra expressionista “Skrik” de Edvard Munch. Mostra uma figura andrógena, regida pelo hábito de viver, num momento de combate consigo mesma.

Com esta performance Rui Paixão procura provocar e explorar novas alternativas para o clown na contemporaneidade alargando assim as possibilidades e validando a sua pesquisa pelo que chama de “Estado Omnium” como motor para o que crê ser o futuro da arte do palhaço.

Ficha Técnica e Artística

Performance Rui Paixão
Música e Sonoplastia Carlos Reis
Desenho de Luz Manuel Abrantes
© Foto André Martins

Biografia

Rui Paixão nasceu a 6 de Outubro de 1995. Formou-se em teatro na Academia Contemporânea do Espetáculo na cidade do Porto terminando o curso no ano de 2014 (3 anos de formação em Interpretação, novo circo, acrobacia, dança, teatro físico…). Iniciou o seu percurso profissional com a companhia portuguesa de Novo Circo Radar 360°. Percorrido um ano de experiência profissional Rui Paixão desenvolveu trabalho ligado à investigação e exploração do Clown e das artes de rua. Aos 20 anos de idade fundou a companhia Cão à Chuva e foi considerado pelo Imaginarius a revelação das artes de rua em Portugal, venceu o prémio OFF CIRCADA UNIA em Sevilha como artista emergente no circo contemporâneo e participou no Fringe Festival de Edimburgo. Em Novembro de 2015 passou numa audição para atores físicos e clowns do Cirque du Soleil. 2016 marca o ano em que levou a sua primeira criação a países como Espanha, França, Alemanha e Holanda fortalecendo a pertinência do seu foco de trabalho.